Dicas e cuidados com a voz

O texto de hoje é voltado para os cuidados com a voz, que é um instrumento único e está dentro do corpo. Por isso, depende de cuidados globais, não só especificamente com o instrumento, por exemplo, cuidados com alimentação, sono e atividade física.

Também há de se pensar que não conseguimos “trocar” o nosso instrumento, como acontece com violões e baterias por exemplo. Por isso, todo cuidado é pouco, já que o estrago feito pelo mal uso da voz pode ser permanente.

É importante ressaltar que não existe vilão ou herói nos cuidados com a voz, e sim o conhecimento das causas e efeitos de cada hábito e o que te prejudica mais ou menos. Vamos agora entender os principais pontos que temos que prestar atenção na hora dos cuidados com a voz.

clique aqui

estude CANTO

Clique e estude canto com o Planeta Música. Aprenda assuntos e técnicas como impostação, interpretação, dobras, backing vocals, drive, vibrato, falsete, dicas de composição e muito mais. Comece agora com o nosso plano gratuito e bons estudos!

Hidratação: o principal cuidado com a voz

As cordas vocais são envoltas por mucosa que precisa estar sempre lubrificada, por isso é muito importante manter a voz hidratada sempre! Tomar pelo menos os 2 litros de água recomendado pelos médicos, espalhados durante todo o dia.

Algumas pessoas têm a sensação de que beber água faz com que a voz fique “limpa” instantaneamente. Isso é uma falsa impressão, pois a água demora cerca de 2 horas depois de ingerida para chegar na mucosa das pregas vocais.

Essa impressão acontece porque no movimento de deglutição (engolir) há uma movimentação da laringe, e por consequência, das cordas vocais. Essa movimentação pode eventualmente retirar algum excesso de muco ou algo que estivesse incomodando a musculatura das cordas vocais. Mas a água não passa pelas cordas vocais, e sim pelo tubo digestivo quando engolimos.

O refluxo gastresofágico – volta do ácido do estômago para o esôfago – é um dos maiores inimigos dos cantores. Isso porque ele acidifica a mucosa das pregas vocais podendo causar edemas, tosse, rouquidão.

Caso você tenha algum desses sintomas e não sabe o motivo, é recomendável procurar um gastroenterologista para verificação através de exames específicos. Caso descubra a existência do refluxo, alguns cuidados são alimentação regrada e em alguns casos, medicação específica.

Alguns alimentos conhecidamente prejudiciais são:

  • ácidos (limão, abacaxi, vinhos, tomate),
  • apimentados, industrializados (salgadinhos, molhos prontos)
  • lactose (leite, chocolate)
  • gordurosos (frituras, doces)
  • A bebida alcoólica também é inimiga da nossa voz, pois retira a hidratação do corpo e “anestesia” quantidade de força usada para cantar ou falar, e não deve ser consumida antes de qualquer uso importante da voz.

Ar Condicionado: o inimigo nos cuidados com a voz

O ar condicionado resfria o ambiente tirando a umidade do ar. Isso faz com que o ar que respiramos fique gelado e seco, ressecando a mucosa das cordas vocais e da cavidade nasal.

No caso de ambientes fechados como escritórios e estúdios, em que o uso do ar é necessário, temos que fazer a contenção de danos caudados pelo ressecamento do ar, como tomar muita água e fazer inalação e uso de umidificadores de ar com mais frequência.

Momento curiosidade

O sorvete ou bebidas geladas fazem mal? A resposta pode te surpreender.

Depende do momento em que for ingerido. Pense no atleta que depois da competição põe gelo na musculatura para recuperação. O choque térmico da musculatura aquecida com o gelo faz com que o músculo relaxe e tenha mais benefícios para a recuperação. 

Ou seja, o alimento gelado depois de show/aula/ensaio pode ser inclusive benéfico desde que haja repouso vocal depois da ingestão. 

Curtiu essas dicas?

Então fica de olho nos conteúdos do blog e muito cuidado com sua voz! Bons estudos.

Cadastre-se grátis

NOS CURSOS DE MÚSICA ONLINE
DA ESCOLA DE

música do

Acesse centenas de videoaulas, cifras, tablaturas, partituras, playbacks e diversos outros recursos de todos os instrumentos e assuntos teóricos que você precisa
Natalia Capucim - Colunista Planeta Música sobre assuntos que envolvem canto e voz

Natalia Capucim

Formada em Canto Lírico pela UNESP (2012), e Teatro Musical pelo SESI-SP (2016), atua como professora de canto, cantora e atriz. Participou de montagens dos musicais “Company” (2014), “Into The Woods” (2015), e “25º Concurso de Soletrar” (2017). Atuou como preparadora vocal da montagem de “The Last Five Years” (2016). É professora de canto do Planeta Música.