Dicas para velocidade e clareza no baixo [Aula Completa] com Ronaldo Lobo e Michael Pipoquinha

Posicionar as mãos corretamente é fundamental para quem toca contrabaixo. Os grooves, as técnicas de mão direita, o som que é tirado do instrumento: tudo depende de como seu corpo está para favorecer a posição das mãos no baixo. Muitas pessoas cometem pequenos erros de postura que acabam influenciando na sua velocidade no baixo e também travando a evolução no instrumento.

Seja com o braço direito ou esquerdo, a posição das mãos no baixo vai fazer você tirar um som diferente do instrumento, com possibilidades de executar e ouvir nota por nota e criar familiaridade com os sons das cordas, isso sim significa ganhar velocidade no baixo, aliada a qualidade sonora. Confira as dicas dos baixistas Ronaldo Lobo e Michael Pipoquinha e fique atento à postura no seu contrabaixo

clique aqui

estude contrabaixo na escola de

Aprenda assuntos e técnicas como
Slap, Tapping, Escalas, Ghost Notes, Pizzicato, Modos Gregos, Tétrades e muito mais. Comece agora por apenas R$29,90 e bons estudos!

Mão direita

Uma das recomendações é que você toque com sua mão direita perto da ponte do contrabaixo, para que o som saia com mais definição e as notas mais limpas. Porém, não é uma regra, tudo depende de qual estilo musical você está tocando. Para quem está estudando ou começando no instrumento é ideal tocar próximo à ponte para identificar melhor os sons. 

Na técnica do pizzicato – quando o baixista toca com os dedos – o apoio do polegar pode ser feito na própria ponte, na madeira do instrumento ou nas cordas que estão acima, gerando um efeito de abafamento do som. Essa técnica ajuda você a ganhar velocidade no baixo sem perder a definição do som e é demonstrada pelo professor Michael Pipoquinha no vídeo abaixo. 

O apoio do braço direito também influencia a sonoridade do contrabaixo. Não apoie todo o peso do braço sobre o corpo do instrumento, distribua o peso do braço no polegar e nos outros dedos, encontre uma forma confortável de tocar que se adeque ao som que você quer fazer. No vídeo abaixo, o professor Ronaldo Lobo demonstra como fica a posição da mão direita no contrabaixo. 

Mão esquerda

É importante que o pulso esteja dobrado e o cotovelo do braço esquerdo esteja próximo à costela, como recomenda Ronaldo Lobo. Assim é possível explorar todos os dedos da mão esquerda no momento de fazer as notas. 

O dedo indicador pode ser considerado o guia da mão esquerda no contrabaixo. É ideal que ele esteja apontado para cima, para que os quatro dedos possam alcançar todas as cordas. Assim o dedo quatro, o dedo mindinho, deve ser capaz de alcançar a primeira corda do contrabaixo.

Outra dica importante do nosso professor Ronaldo Lobo é tocar as notas sempre próximas aos trastes, sem tocá-las em cima deles para não abafar o som. Essa distância deve estar entre o meio da casa e o traste mais próximo, para evitar o famoso trastejamento e ruídos indesejáveis na hora de fazer um som. 

Que tal pegar seu contrabaixo e conferir essas dicas dos mestres do Planeta Música? E não deixe de conferir outras matérias de contrabaixo e conteúdos do nosso blog.

E se quiser ter uma experiência de aprendizado musical totalmente gratuita, acesse o Planeta Música Free para ter acesso a diferentes cursos de música online e videoaulas feitas para você aprender música de verdade.

Tudo pronto para começar? Clique e acesse, e bons estudos!

Cadastre-se grátis

Acesse grátis o Masterclass

Uma aula que vai te ensinar a tocar bem mesmo sem ter tempo ou facilidade. Aproveite, é totalmente gratuito.