Voz e violão: dicas para cantar e tocar violão

como cantar e tocar violão - Bruno de Souza dá dicas preciosas para você aprender a cantar e tocar violão - Planeta Música

A maioria das pessoas que se interessam em aprender a tocar violão não veem a hora de fazer seus primeiros acordes, para tocar a suas primeiras músicas. E também isso vem acompanhado de um desejo muito comum: cantar e tocar violão.

Isso requer uma atenção no começo, pois estão sendo feitas duas atividades simultâneas, tocar e cantar, mesmo que seja para o mesmo propósito.  E no começo dos estudos do violão, cantar, às vezes, fica em segundo plano.

A evolução do estudante no instrumento vem gradativamente, conforme a dedicação, a percepção e o discernimento de aprender e aplicar os estudos.

Com o passar do tempo fica compreensível cada situação em que envolve o aprendizado de cantar e tocar violão, e dependendo da motivação de cada um.

Ritmo Melodia e Harmonia

A música é dividida por três esferas: o ritmo, a melodia e a harmonia.

clique aqui

estude VIOLÃO na escola de

Clique e estude violão com o Planeta Música. Aprenda assuntos e técnicas como afinação, técnicas de mão direita e mão esqueda, power chords, dedilhados, arpejos e muito mais. Comece agora por apenas R$29,90 e bons estudos!

No violão, de uma forma majoritária, a levada (rítmica) é feita pela mão direita, e pela mão esquerda temos os solos (melodia) e acordes (harmonia). Agindo coordenadamente ou de forma independente entre aos mãos.

Assim, tendo essas três esferas, elas podem ser utilizadas de diversas formas.

  • O ritmo seria o elemento fundamental na música, talvez o mais importante, responsável pelo tempo, andamento, levada, groove, pulso, etc., ele representa um estilo musical e também a cultura de um povo. Através do ritmo identificamos qual estilo está sendo tocado, isso não se deve somente para instrumento de percussão, para um instrumento de corda, por exemplo, um baixista consegue demonstrar um groove tocando apenas ghost notes, é isso que faz a sensação de movimento na música, isso também faz com que exista a dança.
  • Em melodia, quando uma nota soa de forma despretensiosa, ela não tem um sentido musical. Mas quando você acrescenta um senso rítmico ou harmônico ela vira música:
  • Em harmonia, quando você coloca uma função a partir de uma nota melódica, ela gera uma sensação dentro de um acorde, por exemplo, ela sendo uma 9m passa uma impressão triste, ou uma 3M passa um sentimento feliz. Sendo assim a melodia ganha sentido com a função que ela exerce. 
  • Em ritmo, quando você coloca um tempo em uma nota melódica, ela exerce uma função de duração dessa nota, com as sequências de notas e suas respectivas durações temos um ritmo, por exemplo, uma grande parte da música oriental que não tem harmonia, mas segue um padrão de melodia e ritmo, gerando um estilo musical, sendo feita por um solfejo ou por um instrumento. Podendo ser alterada determinada notas.

A harmonia e a melodia no violão, realizada pelo mesmo instrumento é chamada de chord melody, geralmente com a melodia na ponta do acorde, e também com os voicings fazendo a abertura de vozes dos acordes, ou até mesmo clusters fazendo as tensões ou extensões do acorde. Todas elas são de uso da harmonia com a melodia. Também existe a técnica de two hands fazendo a harmonia e melodia simultaneamente, e o walking bass fazendo a melodia grave de acompanhamento que segue a harmonia.

Com essas concepções um violonista começa entender caminhos e seguir um rumo que melhor lhe agrada, sendo diretamente ou indiretamente influenciado pelo que ouve, vê e estuda. Segue seu próprio estilo de tocar o violão, através dessas influencias, criando com naturalidade uma fluidez para ter sua própria assinatura na forma de tocar.

Existem diversos exemplos de violonistas brasileiros que alcançaram relevância no cenário musical e tornaram-se referências para outros músicos. Mesmo sendo sidemans, arranjadores, compositores, cantores ou violão solo.

Muitos desses tiveram a preocupação com o acabamento em técnicas e conhecimentos na hora da execução, ampliando essa extensão para a voz em suas melodias, seja solfejando ou de fato cantando. Mas isso é assunto para outras matéria.

Espero que vocês tenha curtido essas dicas sobre cantar e tocar violão, e não esquece de conferir as matérias aqui do blog para aprofundar seus conhecimentos musicais.

E se quiser ter uma experiência de aprendizado musical totalmente gratuita, acesse o Planeta Música Free para ter acesso a diferentes cursos de música online e videoaulas feitas para você aprender música de verdade.

Tudo pronto para começar? Clique e acesse, e bons estudos!

Cadastre-se grátis

Acesse grátis o Masterclass

Uma aula que vai te ensinar a tocar bem mesmo sem ter tempo ou facilidade. Aproveite, é totalmente gratuito.

Bio Bruno Planeta Música

Bruno de Souza

Comecei a estudar música com 12 anos, no começo no erudito, e depois do choro ao rock, Engenheiro e atleta profissional de futebol freestyle (http://oneart.com.br/), juntei a parte artística do freestyle com a parte matemática/lógica da engenharia, e adaptei minhas experiências para música, com muitas pesquisas, estudos, composições e projetos.